Contágio de servidoras por Covid atesta falta de EPIs

Presidente do Sindimmar (Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos Municipais de Marília), José Paulino, afirmou que a confirmação de contágio de duas servidoras municipais por Covid-19 vem ao encontro das afirmações da entidade sindical, sobre a falta de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Segundo informações da própria secretária da Saúde, as duas servidoras são do setor de Fiscalização de Rendas da Prefeitura de Marília, que atuam em um prédio localizado na rua Bahia, ao lado do Paço Municipal. Elas apresentaram sintomas associados à Covid-19 e foram imediatamente afastadas do serviço. Outros trabalhadores do setor, que abriga cerca de 15 funcionários, estão fazendo testagens nesta sexta-feira (29).

Paulino reiterou que é preciso fazer uma verificação em todos os setores da prefeitura, para apurar as condições de trabalho dos servidores. “Fazemos um apelo para que os técnicos de segurança do trabalho façam uma visita nos setores, pois encontramos vários servidores sem equipamentos de segurança”, relatou. O presidente destacou ainda que o Sindimmar está à disposição dos servidores de todos os setores, para orientação e eventual tomada de providência com relação a falta dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *