Dirigente do Marília garante salários pagos de forma integral na próxima semana

Mesmo com boa parte da perda de receitas com patrocinadores por conta da pandemia do coronavírus, a diretoria do Marília Atlético Clube (MAC) afirmou que os salários serão pagos de forma integral a todo o elenco. Em entrevista ao programa ‘Com a Bola Toda’ (TV Canal 4), na última sexta-feira (dia 8), o diretor executivo Vagner Silva garantiu que os débitos serão quitados já na próxima semana.

“Os pagamentos serão feitos de forma integral na próxima semana. Então até os contratos no dia 20 de maio, os pagamentos serão realizados de forma integral. Nós vamos honrar nossos compromissos contratuais”, declarou o dirigente. Vagner Silva frisou também que os atletas que serão chamados para a renovação de contrato vão precisar se adequar à nova realidade financeira para poderem permanecer.

“A partir do momento que nós começarmos a sentar com os atletas e negociar uma renovação, aí sim a gente vai tocar nesta questão financeira, porque nenhum clube terá condições de continuar pagando o valor atual, sem ter uma receita. Alguns possivelmente para continuar a gente vai propor uma redução salarial, para que possamos ter esse balanço financeiro favorável”, comentou.

Somente o lateral-esquerdo Edu Pina e o volante Levi possuem contrato até o final do ano.

Vagner Silva também não informou quantos e quais atletas do atual elenco serão chamados para renovar. “Não consigo falar ainda com exatidão a quantidade de atletas dos quais a gente não irá renovar, porque primeiro eu preciso ter o número de atletas que a gente tem o interesse. Não necessariamente a gente vai fazer a substituição um por um. Os atletas que estamos trazendo teriam teoricamente um salário maior. Por isso precisamos fazer nossas contas matemáticas para não estourar nosso orçamento. O MAC não vai fazer nenhuma loucura”, avisou.

Reforços – O dirigente maqueano disse que até ontem (dia 9), seis reforços já haviam assinado o pré-contrato, mas os nomes ou posições não foram revelados. “Para mim fica complicado falar nomes, porque eu ainda não comuniquei os atletas do atual elenco, que não farão parte do grupo após o término do contrato no dia 20. Eu acho isso um pouco antiético e não seria justo que eles soubessem que não fariam parte a não ser pela minha boca primeiro. Quero comunica-los antes, para depois eu anunciar quem já está contratado”, enfatizou.

O diretor executivo não confirmou se o volante Léo Couto (PSTC-PR) e o zagueiro Cristiano (Goiânia-GO), descobertos pela reportagem JM, estão entre os atletas com pré-contrato assinado. “O que eu posso dizer é que o Léo e o Cris estão dentro deste grupo que nós estamos conversando para que as coisas aconteçam”. Vagner Silva explicou qual o perfil de jogador que está sendo contratado, dentro da realidade financeira do clube.

“Estar jogando uma 1ª Divisão dos estaduais, ter uma quantidade razoável de ‘minutagem’ (jogos realizados) e ter experiência, porém não necessariamente ter idade avançada, mas uma certa bagagem, porque serão quatro finais quando o campeonato voltar. A gente tem olhado no mercado os jogadores que atuaram no mínimo em uma Série C ou D no ano passado, para que chegue, aguente a pressão e saiba que serão quatro jogos extremamente decisivos e que o emocional não será abalado. Reforços chegam para jogar e fazer a diferença no time. A gente não tem condição de trazer atleta para compor elenco, porque já temos isso. Nosso ‘sprint’ é muito curto, são apenas quatro jogos. Por isso precisamos trazer reforços pontuais que que resolvam a nossa situação”, detalhou.

Mineiro no radar – Desde quando a busca por reforços foi iniciada no Marília, a diretoria e o técnico Guilherme Alves haviam dito que o foco era atletas que estavam nos estaduais de elite de cinco Estados: Carioca, Goiano, Paranaense, Gaúcho e Catarinense. Porém, Vagner Silva revelou que um jogador que estava no futebol mineiro já está com pré-contrato assinado.

“A princípio havíamos descartado o Campeonato Mineiro, porque as oito equipes classificadas para o mata-mata têm calendário até o final do ano e fica difícil tirar um atleta nessa situação que tem contrato até dezembro, mas conseguimos algo bastante interessante. É um atleta que estava jogando o estadual e que no ano passado participou de todos os jogos do Brasileiro Série C”, informou.

O MAC está na penúltima posição (15º lugar) na Série A-3, que ainda não tem data para retornar, com 11 pontos e dentro da zona do rebaixamento. Entretanto, o time está somente a três pontos do Desportivo Brasil (8º colocado), última agremiação dentro do G-8 (zona de classificação) para as quartas de final. A competição foi paralisada no dia 16 de março, após a realização da 11ª rodada.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *