Escolas de ensino médio e fundamental de Pequim retomam atividades em junho

As aulas de ensino fundamental e médio, assim como as universidades e creches de Pequim serão retomadas na íntegra no início de junho, após um hiato de quase cinco meses, anunciou nesta quarta-feira a Comissão Municipal de Educação da capital da China.

Os alunos do primeiro e do segundo ano do ensino fundamental e médio e do sexto ano do ensino fundamental retornarão às salas de aula no dia 1º de junho, enquanto os alunos do quarto e do quinto ano do ensino fundamental retornarão em 8 de junho.

Os jardins de infância e creches da capital podem abrir suas portas a partir de 8 de junho, desde que cumpram certas condições de higiene e prevenção.

Mais tarde, a agência estatal “Xinhua” informou que as universidades também reabrirão em Pequim no dia 6 de junho e que os estudantes universitários poderão retornar voluntariamente aos campus, onde “as medidas antivírus foram profundamente implementadas”, segundo com a Comissão Municipal de Educação.

Até o momento, cerca de 80 mil crianças em idade escolar nos últimos anos do ensino fundamental e médio, entre 14 e 17 anos, já retomaram as aulas no dia 27 de abril.

Com exceção da província de Hubei, foco da pandemia, Pequim era até então a única divisão administrativa do país que não havia retomado a atividade de ensino em nenhum nível educacional.

As medidas para impedir a disseminação do vírus na capital chinesa foram extremas desde o início da pandemia e também afetaram o retorno às aulas.

As autoridades educacionais haviam apontado que jardins de infância e universidades seriam os últimos a retomar a atividade, seguidos por academias de educação não-formal, como escolas de idiomas.

Mais de 107 milhões de estudantes chineses retomaram às aulas em todo o país, representando cerca de 40% do total, enquanto apenas cinco províncias nas 34 divisões administrativas do país não voltaram às atividades nas universidades, informou ontem o Ministério da Educação chinês.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *