Ex-ministro da justiça é condenado a 3 anos de prisão por compra de votos

O ex-ministro da justiça Katsuyuki Kawai foi condenado nesta sexta-feira (18) a 3 anos de prisão e multa de ¥1,3 milhão ($12 mil) por compra de votos destinados a garantir um lugar para sua esposa na eleição da câmara alta em 2019.

Promotores haviam buscado uma condenação de 5 anos e multa de ¥1,5 milhão durante o julgamento do ex-político da Câmara dos Representantes do Japão no Tribunal Distrital de Tóquio, argumentando que seus crimes eram “uma violação sem precedentes e extremamente terrível da Lei de Eleição de Escritórios Públicos”.

A defesa em seu argumento conclusivo pediu uma suspensão da condenação baseada no fato de que Kawai havia admitido a maioria das acusações e renunciado como político.

De acordo com a condenação, Kawai distribuiu um total de cerca de ¥29 milhões a 100 políticos locais e apoiadores em troca de garantia de votos para sua esposa na eleição da Câmara dos Conselheiros em julho de 2019.

Em janeiro, o tribunal condenou Anri Kawai a 16 meses de prisão, suspensa por 5 anos, por conspiração com seu marido e distribuir ¥1,6 milhão a 4 membros da assembleia da província de Hiroshima entre março e maio de 2019.

FONTE:PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *