Indústria do turismo no Japão se adapta ao novo normal do coronavírus

A indústria de turismo no Japão foi fortemente atingida pela pandemia do coronavírus. À medida em que as pessoas se ajustam a um novo normal em suas rotinas, autoridades de turismo estão tentando encontrar um novo normal para viagens de férias.

A vila Achi, localizada na província de Nagano na região central do Japão, é famosa por seus banhos termais e por ser um local excelente para observação de estrelas. Rodeada pelas montanhas dos Alpes do Sul, a vila está protegida da poluição luminosa de centros urbanos. No entanto, as medidas de prevenção contra o coronavírus mantiveram muitos dos visitantes da área metropolitana de Tóquio afastados.

Recentemente, autoridades da vila resolveram tentar atrair pessoas que vivem em locais mais próximos. A vila está oferecendo um desconto de quase 50 dólares por noite para residentes da província de Nagano.

A pesquisadora Kousaka Akiko, do Instituto de Pesquisa do Japão, disse que “atrair residentes locais também tem a vantagem de conter a propagação do coronavírus”. Ela disse ainda que “mesmo que um foco de infecção surja, será mais fácil determinar a rota de infecção, já que muitos dos visitantes vivem dentro da província”.

Ao mesmo tempo, realizar excursões com visitantes estrangeiros é praticamente impossível devido a restrições de viagem em vigor em diversos países. Como alternativa, a H.I.S., uma das maiores agências de turismo do Japão, teve a ideia de oferecer excursões virtuais.

Os clientes podem escolher seus destinos e guias locais os irão guiar pelos pontos turísticos virtualmente. As excursões são oferecidas tanto de graça, quanto por uma quantia que pode chegar a cerca de 10 dólares. Representantes da H.I.S. afirmam que mais de 4.000 pessoas participaram das visitas virtuais no último mês.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *