Japão ajudará empresas a trazerem produção da China de volta ao país

O Japão marcou ¥243.5 bilhões de seu pacote de suporte econômico recorde para ajudar fabricantes a transferirem a produção para fora da China, visto que a pandemia de coronavírus interrompe redes entre as grandes parceiras de negócios.

O orçamento extra, compilado para neutralizar os efeitos devastadores da pandemia, inclui ¥220 bilhões para companhias transferirem a produção de volta para o Japão e ¥23.5 bilhões para aquelas que buscam transferi-la para outros países, de acordo com detalhes postados online.

A China é a maior parceira de negócios do Japão sob circunstâncias normais, mas as importações chinesas afundaram para cerca da metade em fevereiro porque o contágio fechou todas as suas fábricas importantes, prejudicando as fabricantes de peças japonesas.

Isso renovou as conversas sobre reduzir a dependência do Japão na China como base de fabricação. O painel sobre investimento futuro do governo discutiu no mês passado a ideia de transferir a fabricação de produtos de alto valor agregado de volta ao Japão, e a produção de outros produtos por todo o sudeste asiático.

“Haverá algo como uma transferência”, disse Shinichi Seki, economista no Instituto de Pesquisa do Japão. Seki disse que algumas fabricantes japonesas na China que tinham foco nas exportações já estavam considerando a mudança.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *