Leopalace: muito atraso nas obras dos prédios com construção inadequada

A Leopalace 21, uma grande empresa de aluguel de apartamentos, anunciou na quinta-feira (30) que a conclusão das obras de renovação dos prédios com construção fora do padrão será adiada a partir do final de dezembro deste ano, indo além do que estava originalmente programado.

Ela explicou que o atraso dos reparos está basicamente suspenso devido à disseminação da infecção pelo novo coronavírus. A nova data de conclusão ainda não foi decidida. O planejamento dos reparos será revisado e anunciado após a avaliação do impacto futuro do novo coronavírus.

No total são 13,6 mil prédios com reparos a serem feitos pelas deficiências óbvias, como a prevenção da propagação de incêndios e a ausência de paredes para bloquear o som dos vizinhos.

Embora tenha alegado que os atrasos sejam por causa da propagação do novo coronavírus, até o final do mês de março somente 990 edifícios estavam concluídos, o que denota atraso desde antes pois representam menos de 10% do total.

Em relação a isso, a empresa era suspeita de divulgar um plano otimista, embora reconhecesse que era impossível realizar. Mas a diretoria declarou ” não, não é fato de que o plano tenha sido alterado devido a considerações e pressões do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo”.

A empresa Leopalace também anunciou sua política de vender seus hotéis de Nagoia e Guam para melhorar sua posição financeira.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *