Marília recebe o credenciamento de Arranjos Produtivos Locais de Alimentos

Município se torna o primeiro cluster de alimentos do Estado de São Paulo e renova credenciamento do APL de Tecnologia da Informação

Marília recebeu nesta terça-feira, dia 2 de junho, do Governo Estadual, o credenciamento do APL (Arranjos Produtivos Locais) no setor de Alimentos, tornando-se o primeiro cluster de alimentos do Estado de São Paulo. Além disso, o município obteve também a renovação do credenciamento do APL de Tecnologia da Informação.
A informação foi passada ao prefeito Daniel Alonso pelo presidente executivo da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), Prof. Dr. Elvis Fusco, também pró-reitor do Univem (Centro Eurípides Soares da Rocha).

“O APL de Alimentos possibilitará a ampliação do conhecimento, a difusão da inovação e do empreendedorismo para criação de condições de produção competitiva na área”, explicou Elvis Fusco.
O prefeito Daniel Alonso destacou a importância de mais essa conquista para Marília. “É motivo de muito orgulho para toda a população de Marília esse reconhecimento e recadastramento de Arranjos Produtivos Locais também na área de alimentos, tornando-se o primeiro município do Estado a conseguir esse credenciamento do cluster para empresários do setor”.

O chefe do Executivo lembrou que o primeiro passo para esse credenciamento do Arranjo Produtivo Local (Cluster) de Alimentos de Marília junto ao Governo do Estado aconteceu no dia 30 de setembro de 2019. “Foi feita na época uma solenidade de apresentação do Projeto de

Credenciamento do cluster para empresários do setor, com a presença de grandes indústrias como Dori, ZDA, Nestlé, Cacau Foods, Coca-Cola, Marilan, entre outras, bem como de entidades parceiras. Parabenizo a todos por esse feito e agradeço ao Prof. Dr. Elvis Fusco, que tem sido um grande parceiro da nossa cidade, que também é reconhecida no setor de TI (Tecnologia da Informação), graças ao trabalho de toda equipe da Asserti e do Univem.”

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Devido a sua notória vocação para a área de TI, com a formação de empresas e de profissionais de alta performance, Marília já é reconhecida pelo Governo do Estado como Polo Nacional de Serviços Tecnológicos contando com o maior ecossistema de inovação do estado de São Paulo, composto pelo CITec-Marília, devidamente credenciado à Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica (RPCITec), pelo Ciem (Centro Incubador de Empresas de Marília) e pelo APL TI Marília.

COMO FUNCIONA O PROGRAMA DE FOMENTO À APLS

O Programa Estadual de Fomento aos Arranjos Produtivos Locais (APLs) financia projetos estratégicos, com o objetivo de consolidar arranjos e aglomerados produtivos como importantes fatores para o desenvolvimento econômico integrado.

Os objetivos do programa são: desenvolver as cadeias produtivas paulistas; aumentar a competitividade das micro, pequenas e médias empresas; estimular o empreendedorismo, baseado na interação e na cooperação; descentralizar o desenvolvimento produtivo para fortalecer a economia regional; e fomentar projetos de desenvolvimento produtivo nos APLs paulistas.

Os recursos podem ser aplicados na aquisição de equipamentos e maquinários; em programas de capacitação, treinamento e transferência de tecnologia; em pequenos ajustes de infraestrutura e adaptação; e em estudos de viabilidade técnica e econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *