Marília voltará ao estádio do último rebaixamento em 2018

Há dois anos e seis meses, no 25 de março de 2018, o Marília Atlético Clube (MAC) era rebaixado no Campeonato Paulista da Série A-3, ao empatar sem gols contra o União Barbarense (também caiu), no estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara D’Oeste. Amanhã (dia 25), o Alviceleste voltará ao local da última queda pela mesma competição, mas diante de outro adversário e de um momento bem diferente.

O jogo desta sexta-feira pela 13ª rodada, será contra o Capivariano, que manda suas partidas em Santa Bárbara D’Oeste desde o início do estadual, pelo fato da Arena Capivari estar interditada por não ter todos os laudos técnicos regularizados. Apesar de retornar ao local do último rebaixamento, a situação atual é bem diferente de 2018.

Dessa vez, mesmo ainda não tendo se livrado matematicamente do descenso – mas pode acontecer em caso de vitória – o Marília necessita da vitória para seguir com chances de classificação às quartas de final. O empate ou a derrota praticamente anulam qualquer possibilidade nas duas últimas rodadas.

Do time maqueano rebaixado em 2018 na Série A-3, não há nenhum jogador ou membro da comissão técnica remanescente. Nem mesmo a diretoria é a mesma. Na ocasião a queda foi ainda mais marcante pelo fato de vários jogadores do União Barbarense terem abandonado o elenco antes da rodada final e ter ficado sem goleiro.

O volante Cláudio Brito foi o camisa 1 e mesmo assim o MAC não conseguiu balançar as redes. Porém, mesmo se tivesse vencido, o Alviceleste não teria escapado do rebaixamento, pois contava com o tropeço do Olímpia em casa, que não aconteceu.

Chances remotas de G-8 – Na 12ª colocação com 14 pontos, o Marília poderá até entrar no G-8 (zona de classificação) em caso de vitória amanhã. Porém, as chances são remotas, pois quatro adversários acima não podem ganhar: Olímpia (8º lugar com 16) x Linense, em Lins; Primavera (9º com 15) x Comercial, em Ribeirão Preto; Desportivo Brasil (10º com 14) x Paulista, em Porto Feliz; e Rio Preto (11º com 14) x Batatais, fora de casa.

Para o duelo contra o Capivariano, o técnico Guilherme Alves não confirmou o time titular. Fato é que ele não terá o zagueiro Victor Souza e o atacante Wellington, que romperam os ligamentos do joelho direito e estão fora da competição. Marcos Vinícius e Léo Bahia, que entraram em seus lugares na partida contra o Grêmio Osasco, são cotados para iniciarem amanhã.

O meia Leílson deverá ser uma das novidades entre os relacionados. O jogador se recuperou de um leve estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito e ontem (23), voltou a treinar com o elenco.

Em substituição ao atacante Wellington, que está fora da Série A-3, a diretoria maqueana anunciou a contratação de Orlando Junior, de 22 anos, que estava no São Paulo Crystal-PB, mas pertence ao Botafogo-PB. Para a vaga de Victor Souza, um zagueiro poderá ser apresentado ainda hoje, mas é fato que nenhum dos dois ficará à disposição para sexta-feira.

O provável Marília tem: Thiago Moraes; Bruno Oliveira, Moisés, Marcos Vinícius e Luan Gama; Junior Santos, Felipe Cordeiro e Maicon Assis; Kelvy, Léo Bahia e Tito.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *