Mariliense leva o MAC às quartas de final do Paulistão League de Games

Se no Campeonato Paulista da Série A-3 o Marília Atlético Clube (MAC) está na vice-lanterna (15º lugar com 11 pontos), no futebol virtual (games) o Alviceleste aparece nas quartas de final do Paulistão League, no jogo PES 2020 (Playstation 4), também promovido pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

O responsável pela boa campanha do Tigre é o mariliense João Victor Paes Camilo, de 21 anos.

“É uma honra para mim representar o clube da minha cidade e que eu sempre acompanhei indo ao estádio”, comentou o estudante de engenharia de automação, em Cornélio Procópio, no Paraná.

“Com essa pandemia do coronavírus eu estou em Marília, mas nos últimos três anos tenho morado fora. Nesse período quase não fui ao Abreuzão, mas no fim do ano passado consegui assistir a reta final do acesso na ‘Bezinha’”, lembrou.

Assim como no Paulista da Série A-3 da vida real, a competição virtual segue a mesma fórmula de disputa e participantes (16 clubes). Todos jogam entre si em turno único e os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de final.

O Marília terminou a 1ª fase na vice-liderança com 32 pontos – quatro a menos do líder Primavera (Indaiatuba). Porém, antes de se tornar o representante do MAC no Paulistão Legue, João Victor precisou passar por uma seletiva.

“Era livre para qualquer pessoa escolher qual clube queria representar. O Marília teve cinco pretendentes e precisei vence-los para entrar na competição. Outras agremiações tiveram só um inscrito e nem precisaram de seletiva”, recordou o mariliense.

O time utilizado pelo estudante, para representar o Alviceleste no PES 2020, foi a Juventus-ITA. “Pelo regulamento você escolhe uma equipe e precisa ir com ela até o final”, frisou.

Apesar da vice-liderança na 1ª fase, o começo do MAC não foi bom. Nas cinco primeiras rodadas, João Victor tinha somado apenas cinco pontos, com derrotas para Linense (2 a 1) e Batatais (4 a 3), empates contra Noroeste (3 a 3) e EC São Bernardo (4 a 4), e apenas uma vitória diante do Primavera (4 a 2). Porém, nas últimas oito partidas foram oito vitórias, em um total de 15 jogos realizados.

Sem surpresa – João Victor Paes Camilo disse que a classificação não foi uma surpresa. No ano passado ele representou o Linense no Paulista League da Série A-2 e foi o vice-campeão, perdendo a final para o São Bernardo FC.

“Como o MAC estava na 4ª Divisão e a competição só vai até a Série A-3, eu escolhi um time mais próximo de Marília, porque em pelo menos uma rodada você é obrigado a jogar no estádio do clube (as demais partidas são online) e Lins ficava mais perto para mim. Esse ano por conta da pandemia, todas as rodadas foram online”, destacou.

Apesar de estar disputando a Série A-3 do Paulistão League, o mariliense disse que o nível está mais alto do que esperava.

“Quando as inscrições são abertas para as três divisões, a maioria vai nos grandes clubes (São Paulo, Palmeiras, Santos e Corinthians) e nos times da Série A-1, mas na A-3 deste ano tem pelo menos quatro jogadores que estão entre os dez melhores do Brasil e que são pagos para jogar. Mesmo assim acho que dá para buscar o título”.

Quartas de final – O duelo de quartas de final do MAC deveria ter acontecido na última terça-feira (dia 12), mas a pedido do mariliense, ele acabou adiado e deve ser realizado ainda hoje (14). “Não tem horário certo, mas deve ocorrer entre às 20h e 21h”, comentou. O adversário é o Rio Preto, representado pelo jogador Everton Francisco Lima, que se classificou em 7º lugar.

“Eu o venci na 1ª fase (5 a 4), mas foi um jogo muito difícil. Não esperava que ele fosse tão bom por não ser tão conhecido no jogo. Provavelmente será mais uma partida complicada”, avaliou João Victor. A partida não será transmitida por nenhuma plataforma. “Acredito que a organização irá transmitir a partir da semifinal para o público poder acompanhar”.

Se o MAC avançar o adversário na semifinal será o Capivariano, que eliminou o líder Primavera nos pênaltis (5 a 4), depois de um 2 a 2 no tempo normal. “Assim como no futebol real, quando chega o mata-mata a competição é outra e não há grande favoritismo para ninguém”, ressaltou o mariliense.

No outro lado da chave jogam: Olímpia x Batatais e EC São Bernardo x Nacional. O campeão do Paulistão League da Série A-3 recebe o prêmio de R$ 800,00.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *