Marquezine sobre Paulo Gustavo: ‘Muito difícil falar dessa dor’

Assim como Tatá Werneck, Caetano Velosos e outros famosos, Bruna Marquezine prestou sua homenagem para Paulo Gustavo na madrugada desta quarta-feira (5). O ator perdeu a batalha contra a covid-19 e se tornou mais uma vítima da pandemia, na noite desta terça-feira (4).

“Paulo, eu tô aqui tentando escrever uma homenagem a sua altura, te honrar, mas eu não sou capaz. Não hoje. Talvez nunca. É que é muito difícil falar dessa dor, desse vazio, do buraco que você deixou no coração de cada brasileiro. Mais difícil ainda descrever o fenômeno que você era. É. É impossível colocar em palavras tudo que você causava em mim, nas pessoas, toda sua luz, talento, energia e potência. E nem é necessário, todo mundo que já riu até a barriga doer te assistindo sabe que você é pura magia”, começou Marquezine.

A atriz ainda falou sobre a amizade que ambos nutriam e dos momentos bons que passou ao lado do artista. “Eu ainda tive a oportunidade de te aproveitar de pertinho (ô meu Deus, como eu queria ter aproveitado mais, me doado mais, abraçado mais, trocado mais… que saudade!) e era sempre maravilhoso! Então eu decidi que só vou te agradecer por tudo que você fez por nós. Por todas as risadas. Pelos exemplos. Você mudou a vida de muita gente. Você deixou o muito um pouquinho melhor. Que você descanse em paz depois de lutar tanto pela vida, pela sua família, pelo amor, pela arte. Seguirei orando por você e pelos seus. Eu sei que isso não é o fim. Você é eterno, Paulo! O país inteiro te ama. Eu te amo, te admiro, te celebro. Pra sempre.”, completou ela.

Morte de Paulo Gustavo
O comediante estava internado desde o dia 13 de março, em um hospital particular do Rio de Janeiro, após ser diagnosticado com covid-19. Uma semana após a confirmação da internação, no entanto, Paulo Gustavo precisou ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para ser intubado.

Dias depois, em 2 de abril, o quadro do humorista piorou e ele foi submetido ao uso de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) — aparelho que funciona como um pulmão artificial e oferece oxigenação para pacientes em estado crítico. Devido às sessões, ele precisou fazer uma transfusão de sangue.

No último dia 9 de abril, Paulo Gustavo passou por mais um procedimento médico devido às complicações pulmonares causadas pela doença. Após a microcirurgia, o quadro chegou a ficar estável. Dias depois, em 26 de abril, ele foi diagnosticado com uma nova pneumonia bacteriana.

A situação se agravou ainda mais no dia 2 de maio. O ator, que chegou a apresentar sinais de melhora, sofreu uma piora repentina após identificação da embolia.

FONTE: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *