Ministério da Saúde do Japão exorta creches a aceitarem filhos de trabalhadores do setor hospitalar

O Ministério da Saúde do Japão publicou uma diretiva voltada a autoridades locais para garantir que creches aceitem os filhos de trabalhadores do setor de saúde que trabalham na linha de frente do combate ao coronavírus.

Creches têm diminuído suas atividades após a declaração de estado de emergência em todo o país, que exorta a população a ficar em casa o máximo possível.

No entanto, o ministério está pedindo aos governos locais para continuar a fornecer atendimento às crianças de trabalhadores do setor de saúde e de outros ramos de atividade essenciais ao funcionamento da sociedade.

Algumas instituições médicas que tratam pacientes infectados pelo coronavírus têm relatado que seus funcionários tiveram o atendimento a seus filhos negado. Parte teria sido orientada a evitar o uso de creches.

Autoridades da pasta afirmam que os profissionais de saúde estão tomando medidas para evitar o contágio durante o tratamento dos pacientes e que a discriminação e o preconceito em relação a seus filhos não podem ser tolerados.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *