Ministra da Justiça do Japão confirma execução de seis membros remanescentes da seita Aum Shinrikyo

Os principais responsáveis por uma série de ataques que aterrorizaram o Japão na década de 90 foram executados. A ministra da Justiça, Yoko Kamikawa, confirmou a execução de 6 membros da seita apocalíptica Aum Shinrikyo que estavam presos.

Eles eram os últimos integrantes da seita no corredor da morte, e suas execuções ocorreram após as de outros seis membros e do líder do grupo em julho.

Os condenados executados desta vez foram Yasuo Hayashi, Kazuaki Okazaki, Masato Yokoyama, Satoru Hashimoto, Toru Toyoda e Kenichi Hirose.

Os membros da Aum Shinrikyo estiveram envolvidos em uma série de crimes que deixaram 29 mortos.

Esses crimes incluem o ataque com gás sarin no metrô de Tóquio em março de 1995. Treze pessoas morreram e mais de 6 mil ficaram feridas.

Os julgamentos desses e de outros membros do grupo duraram anos, e o último deles foi concluído em janeiro deste ano, abrindo caminho para as execuções.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *