Murata confirma caso de coronavírus em fábrica de Fukui e para produção por 3 dias

A fabricante de componentes eletrônicos Murata informou no domingo (5) que um funcionário de uma fábrica em Echizen (Fukui) testou positivo para o novo coronavírus.

Segundo informações do jornal Keizai Shinbun, a fábrica, que reúne cerca de 5.500 trabalhadores, paralisou a produção até a terça-feira (7) para atividades de desinfetação. 

A Murata informou que a fábrica é um dos focos da produção nacional de capacitores de cerâmica (MLCC) e o ocorrido não afetará os prazos dos clientes.

O funcionário infectado era responsável pelo desenvolvimento tecnológico e não trabalhava com os processos de produção. A Murata informou ainda que colocou cerca de 250 trabalhadores, que estiveram próximos a ele antes do aparecimento dos sintomas, de quarentena por duas semanas.

“Vamos continuar priorizando a saúde dos nossos funcionários e clientes e vamos tomar todas as medidas para barrar a transmissão do vírus”, disse um representante da empresa.

FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *