Parte física é a grande preocupação do MAC na volta aos treinamentos

Depois de uma semana força de folga, em razão do surto de Covid-19 em 24 pessoas no Marília Atlético Clube (MAC), os treinos retornaram nesta segunda-feira (dia 5). De acordo com o técnico Guilherme Alves, todos os jogadores se apresentaram e trabalharam normalmente. Entretanto, a perda física que cada um teve nesse período sem atividade, só será detectada durante a semana.

Dos 24 integrantes do Alviceleste com o coronavírus, 15 eram atletas. “É óbvio que a perda de condicionamento físico existe. Alguns perdem menos e outros mais. O que nós passamos, principalmente após o jogo em Cariacica-ES (pela Copa do Brasil), nenhuma outra agremiação da Série A-3 passou, foram 24 infectados que precisaram ficar em repouso absoluto de 10 a 14 dias. Mesmo assim, não vamos usar isso como muleta. O objetivo segue sendo a classificação nas primeiras colocações”, destacou o treinador.

O MAC é o vice-líder do estadual com sete pontos, está invicto e ainda não sofreu gol. O futebol paulista vive a expectativa do próximo anúncio do Governo do Estado sobre a volta do futebol, que está programada para o dia 12 (segunda-feira), se o decreto da Fase Emergencial não for novamente prorrogado. O governador João Doaria irá se posicionar até o final da semana.

Guilherme Alves revelou que se o retorno acontecer, serão três jogos na próxima semana: dia 12 (segunda), contra o Desportivo Brasil; dia 15 (quinta), diante do Olímpia; e dia 18 (domingo) com o Barretos. “Não haverá mais tempo de preparar fisicamente os atletas. Será só jogo, descanso e viagem. O recondicionamento físico ocorrerá dentro das partidas”, mencionou.

Preparador físico escala – O técnico do MAC enfatizou que a definição do time titular, caso aconteça o jogo no dia 12, será praticamente escalada pelo preparador físico Eduardo Pascoal. “Claro que sou eu que decido, mas o Duzinho será fundamental para eu saber com quem posso contar nesse momento, pois a nossa outra preocupação são as possíveis sequelas que os atletas terão”.

Os jogadores que não foram infectados pela Covid são: Guilherme Boer (goleiro), Danilo Baia (lateral-direito), Victor Souza (zagueiro), Kauan (zagueiro), Alison (zagueiro), Junior Santos (volante), Wendel (meia-atacante), Orlando Junior (atacante), Lucas Lino (atacante), Wellington (atacante), Luís Henrique (centroavante) e Gustavo Nescau (centroavante).

A reunião com a Federação Paulista de Futebol (FPF), que deveria ter acontecido nesta segunda-feira (5), com os 16 participantes da Série A-3 foi cancelada e ainda não tem uma nova data. A entidade tomou a decisão para tentar primeiro, conversar com o Ministério Público.

FONTE: JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *