Prefeitura amplia canais de comunicação para os usuários do Cadastro Único

As próprias famílias beneficiadas devem ter o compromisso com a atualização cadastral

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, está disponibilizando novos meios de comunicação voltados ao atendimento da população para encaminhamento e registro de denúncias, através de WhatsApp, formulário eletrônico e e-mail referentes ao Programa Bolsa Família e Cadastro Único.

O Cadastro Único de Marília possui novas rotinas para a inclusão e atualização das informações cadastrais das famílias usuárias deste serviço, porém as próprias famílias devem ter o compromisso com a atualização cadastral. Além desse compromisso, elas devem se responsabilizar pela veracidade das informações declaradas.

As famílias devem observar que, a contar da data da entrevista, este cadastro terá a validade de dois anos, e quando houver alterações de informação relativo às informação da composição familiar (entrada ou saída de pessoas, nascimento e óbito), mudança de endereço, escola ou escolaridade, renda familiar mensal (provenientes de trabalho por conta própria, bico, carteira assinada, empregado com carteira de trabalho, trabalhador, militar ou servidor público, empregador, estagiário, aprendiz, aposentadorias, pensão, BPC, pensão alimentícia, seguro desemprego, auxilio reclusão e outras fontes de remuneração, como por exemplo – doações financeiras), o responsável familiar (RF) deverá comparecer ao setor mais próximo da residência para uma nova atualização cadastral.

Para a encarregada do atendimento do Cadastro Único, Ângela M. S. Cruz, os novos canais de comunicação voltados ao atendimento da população, “favorecem diretamente o processo de fiscalização do Programa Bolsa Família, garantindo maior efetividade e transparência na gestão do programa e acesso ao benefício para as famílias que realmente atendem os critérios e perfil estabelecido nas normativas do Programa Bolsa Família”.

As denúncias recebidas ou suspeitas por parte da gestão de recebimento indevido, omissão de informações no cadastro ou prestação de informações inverídicas serão totalmente sigilosas.

Para a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Wania Lombardi, “o Cadastro Único, através do setor técnico, estará adotando os procedimentos para averiguação e apuração das informações para que seja garantida às famílias a oportunidade de esclarecer a situação identificada, consistindo na realização de visitas domiciliares e encaminhamento à Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc)”.

As denúncias de possíveis irregularidades poderão ser realizadas através de e-mail (cadunico.marilia@gmail.com), Telefone (14) 99623-4102 WhatsApp) ou formulário eletrônico :https://forms.gle/E8YCN7rgFwJNjnpn8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *