Prefeitura dá sequência ao Programa Asfalto Novo no bairro Palmital

As ruas Carlos Rodrigues de Oliveira e Santos Dumont estão recebendo as melhorias esta semana

Por determinação do prefeito Daniel Alonso, a Prefeitura de Marília retomou esta semana os trabalhos relativos ao Programa Asfalto Novos. Duas ruas estão no cronograma inicial para mais esta etapa do programa: Carlos Rodrigues de Oliveira e Santos Dumont, ambas no bairro Palmital, zona norte da cidade.

“Os serviços são realizados pela empresa Maripav, vencedora do processo licitatório, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas. “Nesta terça-feira (26), está sendo iniciado o trabalho na Rua Carlos Rodrigues de Oliveira e, assim que acabar, seguirá para a Santos Dumont”, disse o secretário municipal de Obras Públicas, Hélcio Freire do Carmo . 

prefeito Daniel Alonso lembrou que, mesmo com a pandemia do Coronavírus, a Prefeitura segue trabalhando, alguns setores virtualmente e outros com atendimento presencial, mas respeitando as regras para a proteção de todos. 

Muitos serviços não podem parar. Por isso orientamos que todos os servidores do município e os que prestam serviço à prefeitura que sigam todos os protocolos de proteção contra a Covid-19”, disse o chefe do Executivo.

Deste contrato, no total são 29.471,85 m² de camada asfáltica e investimento na casa dos R$ 911 mil. Já foram feitas a rua Fernando Amorim, no jardim Teotônio Vilela, que recebeu o asfalto pela primeira vez; já as ruas Pedro Teruel Martinez (Nova Marília), Maestro Floriano de Souza (Califórnia), Eugênio Domingues (Cascata), Tocantins (Cascata), Guararema (Cascata) e Avenida da Saudade (Souza) receberam uma nova camada asfáltica, ou seja, recape total ou parcial das vias. 

Além deste contrato, outro também já teve iniciadas as obras de recapeamento, pintura de solo e sinalização de vias, sendo que a primeira rua a receber as melhorias foi a Raimundo Correa, entre as avenidas Saudade e Ermelinda Clarice Sanches Casarini, perto do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), no bairro Realengo, zona oeste da cidade. Foram 1.640,04 metros quadrados de recape e 68,68 metros quadrados de pintura e sinalização de solo; avenida Presidente Roosevelt entre as ruas Akira Nagasse e trevo da Rodovia SP 294. Foram 3.314,99 metros quadrados de recape e 286,92 metros quadrados de pintura e sinalização do solo.

Logo em seguida foi a vez das ruas Hélio Lavagnini (entre rua Gildo Bonato e avenida Francisco da Costa Pimentel), no Jardim Nacional, num total de 3.452,90 metros quadrados de recape e 59,70 metros quadrados de pintura e sinalização do solo; e na avenida João Ramalho (entre ruas Domingos Jorge Velho e Hélio Lavagnini), no bairro Nova Marília, com total de 564,60 metros quadrados de recape e 42,80 metros de pintura e sinalização do solo. 

Também recebeu o recape a rua Hermolino Rodrigues de Carvalho (entre Avenida Francisco da Costa Pimentel e Rua Romildo Marconato), no Jardim Nacional, zona sul, com total de 4.224,90 metros quadrados de recape e 54,84 de pintura e sinalização do solo;

Ainda serão atendidas por este contrato as ruas Benjamin Pereira de Souza (entre avenidas Santo Antônio e Castro Alves), no bairro Somenzari, com total de 2.007,36 metros quadrados de recape e 17,70 metros quadrados de pintura e sinalização do solo; rua Alvarenga Peixoto (entre avenida Vicente Ferreira e rua Mecenas Pinto Bueno), no bairro Maria Izabel, com total de 4.483,49 metros quadrados de recape e 97,60 metros quadrados de pintura e sinalização do solo); e rua Palmares (entre avenidas Sampaio Vidal e Presidente Vargas), no bairro Boa Vista, com total de 4.058,70 metros quadrados de recape e 56,28 metros quadrados de pintura e sinalização do solo.

O investimento de cerca de R$ 30 milhões do Programa Asfalto Novo engloba recursos próprios da Prefeitura, emendas parlamentares e verbas do Estado e União. Com o programa lançado no início do ano passado já foram recapeadas dezenas de ruas em Marília. 
Edson Colombo, morador na região, disse que o trânsito na rua estava impraticável e, com o recapeamento, será muito mais utilizada pelos moradores. “Antes era muito ruim passar aqui de carro ou até de bicicleta, por isso nós usávamos mais a rua Alvorada. Com este asfalto, vai facilitar muito o acesso com as ruas que cortam a Carlos Rodrigues Oliveira, que com certeza será mais utilizada.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *