Presidente argentino descarta desvalorizar peso: “máquina de gerar pobreza”

O presidente da Argentina, Alberto Fernandez, afirmou que não vai ceder à pressão do que chamou de “algumas pessoas poderosas” para pressionar por uma desvalorização do peso, alegando que “essa não é a solução” para “obter dólares”, mas uma “máquina para gerar pobreza”, em um contexto em que a diferença entre a taxa de câmbio oficial e a paralela – o chamado ‘dólar blue’ – é de 139%.

“Desvalorizar é muito fácil, mas desvalorizar é uma máquina para gerar pobreza”, disse Fernandez em uma cerimônia de entrega de imóveis populares no município de Ezeiza, na província de Buenos Aires.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *