Produtores rurais realizam “tratoraço” na SP-294 em Marília

Mais de 150 produtores rurais participaram na manhã de quinta-feira (7) em Marília do “tratoraço” em protesto contra o decreto do governador João Dória (PSDB) que elevou as alíquotas de ICMS no Estado de São Paulo.

Os manifestantes estacionaram tratores, caminhões e camionetes no acostamento na altura do quilômetro 439 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294). Os produtores rurais também estenderam faixas contra o governador e deputados que voltaram a favor do aumento do imposto.

“Esse aumento vai atingir a cadeia agrícola e pecuária em vários itens. Pagar imposto ninguém se incomoda, mas o momento é horrível. Além disso, sempre estamos pagando impostos e nunca recebemos nada em troca”, disse o produtor rural Antônio Perez.

Os manifestantes ainda percorreram um trecho da rodovia com os tratores com bandeiras do Brasil. O movimento recebeu apoio de condutores de veículos que passavam pelo local e buzinavam.

“Precisamos sensibilizar as autoridades e esse apoio popular é importante. O setor rural não parou durante a crise, manteve o abastecimento e é um dos poucos que está respirando. Essa medida é no mínimo antipática com quem leva o país nas costas”, finalizou.

Antes de mesmo do protesto, a manifestação dos produtores rurais em todo o Estado de São Paulo surtiu efeito. Na noite de quarta-feira (6), o governador usou uma rede social afirmando que cancelou as alterações previstas em alíquotas de ICMS sobre alimentos, insumos agrícolas e medicamentos.

“Após reunião com a equipe econômica do Governo de SP, determinei o cancelamento de qualquer alteração de alíquota de ICMS em alimentos, medicamentos e insumos agrícolas. Na nossa gestão nada será feito em prejuízo da população mais vulnerável”, escreveu em sua conta no Twitter.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *