Remdesivir é aprovado como primeiro tratamento para coronavírus no Japão

Autoridades japonesas aprovaram na quinta-feira (7) o antiviral remdesivir para uso contra o novo coronavírus, pegando carona na autorização dos EUA a fim de acelerar o processo.

O remdesivir, desenvolvido pela companhia farmacêutica americana Gilead Sciences, será administrado a pacientes severamente doentes da Covid-19. Esse é o primeiro medicamento aprovado pelo ministério da saúde do Japão para tratar o vírus.

A aprovação foi dada dentro de 4 dias da aplicação da Gilead na segunda-feira (4) sob um processo de revisão rápida para medicamentos que são vendidos no exterior. O remdesivir recebeu autorização de uso de emergência na semana passada pela Food and Drug Administration dos EUA.

Resultados de ensaios anunciados no fim de abril pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA descobriram que pacientes de Covid-19 tratados com remdesivir se recuperaram na média de 11 dias, comparado a 15 para aqueles que receberam. O ensaio não encontrou diferença significante nas taxas de mortalidade.

O ministério da saúde do Japão visa aprovar o anti-influenza Avigan (favipiravir) neste mês para tratar casos leves de coronavírus, expandindo o arsenal médico na esperança de promover um retorno mais rápido a uma economia normal.

Placebo: tratamento inerte, ou seja, que não apresenta interação com o organismo.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *