Seguindo Decretos Federias e Estaduais, feiras livres voltam a funcionar. Somente a venda produtos hortifrutigranjeiros e alimentícios estão permitidos

Por orientação do prefeito Daniel Alonso, foi realizado na tarde desta sexta-feira (03) uma reunião com representantes dos feirantes de hortifrutigranjeiros, gêneros alimentícios  e o vereador Evandro Galeti para discutirem a reabertura das feiras. 

Na oportunidade os feirantes foram informados da resolução da Secretaria Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo que permite a realização de feiras em dias alternados apenas para a venda de produtos hortifrutigranjeiros e produtos alimentícios.

Juliano Battaglia, chefe da fiscalização de postura da Prefeitura de Marília explicou que as barracas que comercializam brinquedos, peças diversas, roupa, artigos de pesca, a famosa feira do rolo, e de outros produtos que não sejam hortifrutigranjeiros ou alimentício não poderão voltar a feira livre nesse momento.

Para que eles voltem, na reunião foi determinado que deverá haver um espaçamento de três metros entre as barracas e em todas elas devem oferecer álcool em gel para assepsia do trabalhador e dos fregueses. O espaçamento ente os fregueses devem ser de 1 metro no mínimo entre um e outro.

Trailers de pastel ou outros produtos para ser consumido na hora não poderão as colocar mesas e cadeiras, com isso o freguês só pode pegar o alimento para levar para casa ou e procurar um local seguro para comer.  

Juliano Bataglia informou também que a abertura se dará na feira de domingo agora, dia 5 de abril. “Nós vamos fazer um projeto piloto neste domingo, se todos seguirem as orientações seguiremos com as feiras respeitando estes parâmetros, mas se não for respeitado teremos que suspender novamente a realização das feiras”, disse Juliano.

“Sabemos a dificuldade que todos tem neste momento, mas temos que evitar de todas as formas que o coronavírus contagie uma grande quantidade de pessoas ao mesmo tempo, por isso estamos seguindo todas as recomendações dos órgãos de Saúde Estadual e Federal. Queremos preservar vidas, por isso peço aos feirantes que por enquanto até tudo se normalizar mantenham as recomendações recebidas na reunião e determinadas pelo Estado” disse o prefeito Daniel Alonso.

A Portaria da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado que habilita a realização das feiras pode ser  acessada por este link: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=391533.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *