Série A-3 poderá retornar em setembro, se não voltar dia 12

Com a extensão do decreto de paralisação das atividades esportivas até o dia 11 de abril, por conta do aumento de casos do coronavírus, o Campeonato Paulista da Série A-3 irá retornar no dia 12 (segunda-feira), como explicou o vice-presidente do Marília Atlético Clube (MAC), Alysson Souza, que ontem à tarde (dia 29), participou de uma reunião virtual com a Federação Paulista de Futebol (FPF) e as outras 15 agremiações participantes.

No entanto, o dirigente alviceleste não garantiu que a competição voltará mesmo no dia 12. “Não temos 100% de certeza que irá retornar nessa data, mas resolvemos dar mais uma chance. Pela fala do presidente da FPF (Reinaldo Carneiro Bastos), eu acredito muito que o futebol vai voltar. Já existe um diálogo muito próximo com a parte médica e com o Ministério Público”, comentou.

Alysson Souza disse que a Federação colocou em votação duas propostas para o retorno depois do dia 11, data que se encerra o novo decreto. “A primeira consistiu em já voltar no dia 12, para que o campeonato possa terminar na data prevista, dia 6 de junho. A segunda começaria no dia 14 e se estenderia até o final de junho”, explicou. A primeira opção foi a vencedora com 13 dos 16 votos.

“A primeira proposta foi a mais votada, porque os contratos dos atletas de boa parte dos clubes se encerram no dia 6 de junho. Nós acabamos votando na primeira alternativa, porque quando chegou a nossa vez, já estava praticamente decidido, mas nós poderíamos votar na segunda, pois não são todos os nossos jogadores que possuem vínculo só até 6 de junho”, frisou o vice-presidente do MAC.

Foto: Edio Jr.

3ª opção – Não foi apresentada pela FPF, mas uma terceira proposta também foi discutida na reunião e poderá ganhar força, se a Série A-3 não voltar no dia 12. “Alguns clubes se posicionaram para a competição voltar só em setembro. Foi lançada essa opção por uma equipe e isso começará a amadurecer se o campeonato não retornar em 15 dias. O Rio Preto destacou não ter mais como arcar com as despesas se houver um novo adiamento. O engraçado é que essa foi a mesma fala minha na sexta-feira (dia 26), quando entrei em contato na Federação”, citou Alysson Souza.

No entanto, o dirigente do Marília enfatizou que se os clubes decidirem pela volta só em setembro, não haverá representantes da Série A-3 na Copa Paulista, pois a competição deverá iniciar entre julho e agosto. “Por conta disso, alguns clubes repensaram nessa proposta, inclusive nós, que temos interesse em participar novamente”.

Na reunião ficou definido que o jogo do Alviceleste pela 4ª rodada do estadual, será no dia 12 de abril (aniversário de 79 anos do clube), contra o Desportivo Brasil, às 15h, em Porto Feliz. Por conta da prorrogação do decreto e pelo surto de Covid-19 no MAC, todos ganharam folga a partir desta segunda-feira (dia 29) e retornam às atividades no dia 5 de abril. O Marília teve um total de 24 pessoas infectadas pelo coronavírus, entre jogadores, comissão técnica e staff.

Nota da Federação após a reunião:

A Federação Paulista de Futebol, os 16 clubes do Paulistão A3, os Sindicatos dos Atletas, dos Árbitros e dos Treinadores se reuniram virtualmente nesta segunda-feira. Abaixo, as deliberações deste encontro:

•  A Federação Paulista de Futebol discutiu com os clubes propostas de readequação das datas da competição, que acarretarão enorme sacrifício das equipes. Este cenário, com a renovação da fase emergencial, gera um enorme retrocesso no controle de saúde dos atletas e comissões técnicas, além de um prejuízo técnico inestimável. Os clubes reiteraram que o futebol não comporta mais qualquer adiamento do retorno da competição, exceto o Rio Preto Esporte Clube que propôs a paralisação do campeonato;

•  A FPF e os clubes se reunirão novamente nos próximos dias para novo Conselho Técnico, em que será definida nova tabela da competição;

•  Os 16 clubes do Campeonato Paulista – Série A3 externam contrariedade à falta de critérios médicos e científicos na decisão de prorrogar o período de paralisação do futebol. Os clubes e a FPF se mantêm unidos para realizar o término da competição no prazo previsto, 6 de junho.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *