Servidores municipais concluem curso de capacitação e reciclagem de brigadistas e recebem certificados

Foi definido ainda o 1º Encontro de Brigadistas, que será realizado no próximo dia 17 de julho, no Teatro Municipal

O prefeito Daniel Alonso participou na tarde desta quarta-feira, dia 26, no auditório do 2º andar da Prefeitura de Marília, da entrega de 145 certificados a brigadistas que concluíram o curso de Capacitação e Reciclagem de 2019. Os secretários municipais Levi Gomes (Fazenda) e Cássio Luiz Pinto Júnior (Administração) também participaram da solenidade.

“Obrigado a todos os brigadistas que compareceram nesse evento. Esperamos contar sempre com a presença de todos nesse trabalho de grande relevância dentro dos setores da Prefeitura. Agradeço também ao 10º Grupamento de Bombeiros, que nos ajudou no treinamento dos brigadistas”, disse a coordenadora geral da Brigada de Incêndio da Prefeitura, Maria Aparecida Cidrão.

“Uma das premissas de um bom gestor é trabalhar com a prevenção, e isso eu não abro mão. Parabéns a todos os coordenadores e os formandos por essa conquista e podem contar com o nosso apoio sempre”, disse Daniel Alonso, prefeito de Marília.

Foi definido ainda o 1º Encontro de Brigadistas, que será realizado no próximo dia 17 de julho, no Teatro Municipal.

Foram entregues para os 85 brigadistas que compareceram no evento uma pasta com o certificado, portarias, um resumo do curso realizado e um kit da Campanha Maio Amarelo realizada pela Emdurb. Foram 35 brigadistas da Secretaria da Educação, 23 brigadistas da Secretaria da Saúde, 66 brigadistas do Prédio principal e anexos, 13 brigadistas da Biblioteca Municipal e oito da Câmara Municipal.

O QUE É UMA BRIGADA DE INCÊNDIO?

De caráter obrigatório por parte das empresas — privadas ou públicas — que têm funcionários regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), as Normas Regulamentadoras (NR) são um conjunto de requisitos e procedimentos voltados à segurança e medicina do trabalho. E é a Norma Regulamentadora nº 23, conhecida como NR-23, que determina o que é uma brigada de incêndio e também a ABNT NBR 14276/06, (Norma Federal) IT 17/2018  (Instrução Técnica do corpo de bombeiros do Estado de São Paulo).

Segundo ela, uma brigada de incêndio deve ser formada por um grupo de pessoas que atuam voluntariamente, passando a maior parte do seu tempo no mesmo local — no caso, uma empresa.

Para isso, devem ser devidamente treinadas e capacitadas para prestar o auxílio necessário aos colegas em casos de emergência, como situações de incêndio.

E esse treinamento é obtido de maneira prática e teórica, por meio de uma formação específica que envolve noções básicas de combate a incêndios, salvamento e primeiros socorros.

Uma vez treinados e capacitados para atuar enquanto brigadistas, cabe-lhes também a responsabilidade de identificar riscos no local de trabalho, bem como elaborar e emitir relatórios e pareceres, além da fiscalização do estado de conservação dos equipamentos de segurança.

No geral, os brigadistas são candidatos voluntários, passando um ano na função, e devem apresentar boa forma física e conhecimento a respeito das instalações do ambiente interno da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *