Sindimmar: mais uma vez administração deixa os servidores em segundo plano

A Diretoria do Sindimmar lamenta que, mais uma vez, a administração municipal está deixando os servidores municipais para segundo plano. Sem qualquer prioridade e com conflito entre os gestores que respondem pelo governo Daniel Alonso, não houve consenso para o prosseguimento do plano de carreira dos funcionários municipais. “Logo nos primeiros dias da atual administração o nosso plano de carreira foi revogado, com a promessa de que em 90 dias um novo plano, mais completo e estruturado, seria reenviado à Câmara de Marília. Mas, isso não se confirmou. Passaram mais de três anos e agora, no segundo tempo da prorrogação, chegou o plano, mas até agora não foi votado. Sentimos que, mais uma vez, os servidores ficaram a ver navios e notamos que desde que chegou o projeto substitutivo, que prorrogava para abril de 2021 a vigência deste plano, nós servidores formos deixados de lado”, disse José Paulino, presidente da entidade sindical. Os planos dos servidores da Prefeitura, do Daem e do Instituto de Previdência estavam na pauta da sessão extraordinária desta semana, mas a reunião acabou não acontecendo por falta de quórum. “Estamos preocupados com os servidores e as servidoras, que estão trabalhando pelo bem da cidade, cuidando da nossa saúde, mas que na hora de ser reconhecido com a valorização e o respeito, com novas referências e mais segurança na carreira, são deixados de lado”, disse Paulino. O presidente comentou também que a Diretoria do Sindimmar se inteirou de todos os projetos de Lei Complementar que reestruturam as carreiras na Prefeitura, Daem e Ipremm, e que sim, ao contrário do que o secretário municipal Levi Gomes relatou em áudio que vazou nesta quarta-feira, dia 1º de abril, a data-base da categoria está assegurada pelo artigo 81 da Lei Municipal n.º 11. “Basta ele olhar este artigo para saber que a data-base é um direito adquirido de todos nós servidores municipais”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *