Vídeo de professor agredindo alunos de time de beisebol causa revolta em Aichi

Um professor de ensino médio (koukou) foi afastado do cargo por agredir cerca de 12 alunos que jogam em um time de beisebol em Nagoia (Aichi), informou a TV Asahi nesta quarta-feira (14).
O caso veio à tona depois que os pais de um dos alunos denunciou a agressão à direção da escola.
Um vídeo feito na última sexta-feira (9) e postado nas redes sociais mostra o professor Hiroki Sakai, 47 anos, dando tapas e chutes nos alunos do colégio Takakura, que faz parte da Universidade de Economia de Nagoia.
Três dos estudantes agredidos ficaram com ferimentos no rosto, segundo o jornal Asahi.
Sakai atuava como treinador do time de beisebol e também era professor de língua japonesa.
A princípio, a escola afastou o professor do time de beisebol e ele continuou lecionando japonês, mas os pais dos alunos, revoltados com o vídeo, reclamaram com a direção do colégio e Sakai foi também afastado da sala de aula.
O professor, que já foi jogador profissional de beisebol em times como Kintetsu e Hanshin, disse que ficou irritado com alunos que não respeitaram regras sobre uso de telefone celular durante os treinos. “Estou arrependido e mereço uma punição justa”, declarou.
A direção do colégio pediu desculpas aos envolvidos, alegando que o professor agiu emocionalmente durante o treino e que houve falta de diálogo entre ele e os alunos sobre o esclarecimento de regras.
Imagens mostram professor agredindo alunos em Nagoia
 

FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *